Menu
Projetos e Obras
Busca

A casa que Lufe construiu para seus pais é plana e integrada com a natureza, características ideais para essa fase da vida dos moradores

Conteúdo Colunistas

CASA TERAPIA

13/05/2022

Em sua estreia como colunista do Archtrends, Lufe Gomes conta como a casa que construiu para seus pais renovou a vida do casal de idosos

Quando a gente pensa em uma casa, ou apartamento, na arquitetura, muitas vezes o belo, o perfeito, o correto ou a tendência do momento nos vêm à mente, não é?

Mas a casa é bem mais que isso. Ela é a moldura da vida que está sendo bem-vivida.

O nosso lar é onde conseguimos refletir, como um grande espelho, tudo aquilo que estamos nos permitindo viver.

Quando estamos conscientes disso, cada foto relembra viagens, pessoas amadas, momentos memoráveis. Cada móvel vem recheado de lembranças, cada planta ganha um significado mais afetivo e assim por diante. A cozinha então… A cada dia, inúmeras possibilidades de viver histórias para contar.

Uma casa cheia de afeto, cenário dos bons momentos que a família vive

Meu nome é Lufe Gomes e estou muito feliz em começar minha participação como colunista aqui do Archtrends mostrando justamente este projeto tão emocionante e marcante na minha trajetória.

Esta é a nova casa dos meus pais, planejada nos mínimos detalhes para promover a saúde física e mental deles. Sim, é disso que estou falando. Os projetos de arquitetura são muito importantes para promover sentimentos positivos em quem vive ali. Talvez muitos ainda não saibam, mas, além de fotógrafo e comunicador digital, sou também formado em Engenharia Civil, e hoje me considero um filho mais feliz por ter projetado e construído a casa dos sonhos dos meus pais.

A casa dos sonhos dos pais de Lufe conta com uma agradável varanda, por onde entra o sol da manhã

Vou contar aqui alguns detalhes que deixam esta casa ainda mais especial.

Quem disse que uma casa para pessoas mais velhas precisa ter cara de passado? Por que não uma casa moderna, que ajudasse nos estímulos mentais e físicos?

Então, o ponto de partida foi buscar uma arquitetura mais atual, focada na felicidade simples, onde elementos naturais fossem abundantes em cada ambiente. A casa é uma mistura de alvenaria e madeira. Na parte externa, pintamos a alvenaria de preto (bem moderno) e usamos verniz incolor na madeira. Já na parte interna, optamos pelo branco.

Como a casa recebe muita luz natural pelas aberturas, não é preciso acender as lâmpadas durante o dia

A luz natural foi a primeira exigência: “quero uma casa clara, onde eu não precise acender a luz durante o dia”, disse minha mãe, de forma certeira.

Para resolver isso, o projeto foi criado em uma planta plana, comprida e estreita, onde o sol da manhã entra pela varanda e pelas enormes portas de vidro. O pôr-do-sol entra pelas grandes janelas da cozinha, trazendo luz natural durante todo o dia.

Os pais de Lufe se tornaram muito mais ativos na casa nova, repleta de estímulos

E por falar em planta comprida, este foi outro ponto importante. Minha mãe adora fazer caminhadas, mas meu pai… Faz cara feia só de sugerir.  Então, a arquitetura me ajudou a fazê-lo caminhar sem perceber que está se exercitando. O terreno tem 30 metros de extensão e a casa tem 20 metros, totalmente planos. Assim, é inevitável caminhar de um ambiente para o outro, dos fundos para a fachada, nem que seja para fechar as janelas, levar o lixo, brincar com o cachorro, acompanhar o neto ou mexer no jardim. Acredito este ter sido o ponto alto do projeto. 

Piso Araucária Clara, da Portobello, dentro e fora da casa

Para a parte interna, escolhemos o piso da Portobello Araucária Clara natural, em tábuas de 20x120cm, e fizemos a paginação com transpasse irregular das peças, buscando a integração completa de todos os ambientes. De uma ponta a outra da casa – dos quartos, passando pela sala e cozinha – o piso é contínuo, sem divisões.

Na varanda de 16 metros de comprimento, seguimos com o mesmo piso e paginação, alternando apenas para a versão para áreas externas de Araucária Clara.

ntegração entre área interna e varanda
A integração entre área interna e varanda é um dos pontos altos do projeto

A casa é feita de madeira pinus autoclave, e o piso ficou perfeito na concepção de uma casa de fazenda moderna. O telhado com as vigas aparentes é uma estrela do projeto.

banheiro foi revestido de POSTO 10
O banheiro foi revestido de POSTO 10, cocriação entre Portobello e Oskar Metsavaht

Nos banheiros, usamos o revestimento POSTO 10, no formato 120x120cm, cocriado na parceria entre Portobello e Oskar Metsavaht, assim como na lavanderia. As peças valorizam os ambientes, dando ainda mais amplitude e conexão com elementos naturais.

O jardim, abundante em toda a extensão do terreno, é uma forma de integração, não só da área interna com a externa, mas também da união dos meus pais com a casa da minha irmã, no terreno ao lado. Isso mesmo. O portãozinho de madeira, no meio do jardim, deixa a família próxima, dando segurança e amor no dia a dia. Lembra que falei sobre saúde mental em todos os níveis? Pois é…

Peças de Spessorato, da Portobello, demarcam o caminho no jardim

E por falar em jardim, usamos porcelanato da Portobello Spessorato para criar os caminhos pela grama, unindo garagem, varanda, área dos fundos, casa da irmã e… A casinha do Gepeto. Essa casinha… Ah, essa casinha é um dos pontos mais aplaudidos do projeto, sabia?

Aos fundos, a Casinha Preta, oficina em que o pai de Lufe cria e se diverte com o neto de seis anos

O sonho do meu pai era ter um espaço só pra ele, uma marcenaria, um atelier de criação, de faz-tudo, onde ele pudesse se sentir cada dia mais útil e ativo. Então projetei essa casinha de madeira, que apelidamos de Casinha Preta, onde já nos emocionamos inúmeras vezes ao vê-lo ali criando junto com o Bruno, o netinho de apenas seis anos. Eles não se desgrudam e são melhores amigos. Mais uma vez… Saúde física e mental.

A cozinha completamente integrada à casa, sem divisórias, foi um dos pedidos da minha mãe, que gosta de ter todos juntos na maior parte do tempo. Ali, a integração é natural e intensa.

Ela também tem um quarto atelier só dela, onde cria artesanatos e grava muitos de seus vídeos para o YouTube, no canal Boas de Ideias, que criou junto com a minha irmã. É isso mesmo… Aos 75 anos, animada com a nova casa, ela se renovou, rejuvenesceu, desabrochou. 

E meu pai? Lembra que eu disse que o projeto o faria caminhar sem perceber? Antes da casa nova, ele usava bengala. Agora, nem lembra que ela existe, caminha por tudo, e temos a impressão de estar uns 10 anos mais jovem.

Arquitetura despertando felicidade e dando resultados concretos.

28 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Marlei Moreira Couto says:

    Ah! Esse projeto da casa dos pais do Lufe é um xodó de todos que o conhecem! Admirável como tudo foi pensado para o bem-estar deles, como tudo flui de modo a proporcionar um convívio harmonioso entre os moradores e os ambientes da casa. Até os acabamentos da Portobello se adequaram às necessidades de um casal de idosos.
    Parabéns, Lufe, por estrear tão lindamente como colunista da Archtrends!
    Parabéns, Archtrends, pelo novo e maravilhoso colunista!
    Um abraço a todos,
    Marlei

  • Maricel Schincariol says:

    Parabéns Lufe!! Ficou incrível a casa dos seus pais, realmente, as vezes ficamos achando que a casa dos pais tem que ser antiga mas não… A casa moderna faz com que eles se sintam renovados! Amei❤️

  • Marlei Moreira Couto says:

    O projeto da casa dos pais do Lufe é o xodó de todos que o conhecem. Uma casa pensada em todos os detalhes para o bem-estar de um casal de idosos, tudo tão lindo e harmonioso, capaz de proporcionar mais saúde e alegria a eles por terem como estar ativos física e mentalmente.
    Até os acabamentos da Portobello se adequarem às necessidades do casal.
    Parabéns, Lufe, por estrear tão lindamente como colunista da Archtrends.
    Parabéns, Archtrends, pelo novo e maravilhoso colunista colunista.
    Um abraço a todos,
    Marlei

    • Maria Tereza de arruda Azevedo. Teca-artes says:

      Parabéns pelo novo trabalho você é luz e com muita competência a divide com quem está aberto para recebe-la amo sua pessoa .projeto dessa casa impecável

  • Everli unterstell says:

    Que maravilha dr projeto. Amei cada cantinho e sua preocupação com a saúde de seus pais. PERFEITO.

  • Heloisa Carvalhaes (helloheloheloisa) says:

    Parabéns pelo belo texto, verdadeiro e emocionante. Quem te segue sabe o quanto especial você é. Um ser iluminado emanando Luz para todos nós. Gratidão por fazer parte das nossas vidas.

  • Regina Helena Chemin says:

    Lufe querido. Já te acompanho e admiro a algum tempo, sinto seu astral, sua sensibilidade e sinceridade em tudo que vc faz e fala. Sou turma zero da Espiral, faço parte do ✈️,, acompanho seus trabalhos, amo jardins e me emociono com cada planta que cresce, dã frutos, flores e perfuma o terraço de vocês.
    Amo arquitetura, já realizei muitas obras e sempre digo que cada casa tem que refletir S pessoas que lá vão morR e que cada lugar pede um estilo de casa. Essa casa dos seus pais, que acompanhei, de longe, desde o princípio, reflete perfeitamente a vida, as necessidades e o Amor que sentimos na sua família. Me emocionei , comeu-se &0 anos.,quando vi seu pai trabalhando n casinha do Geoetto, toda preta, mas irradiando uma Luz imensa que também brota do seu coração meu amigo.
    Obrigada por ser quem você ê e adoraria poder transmitir, um dia, essa minha admiração e porque não dizer Amor por você, com um abraço presencial.
    A Paloma é uma privilegiada. Rsss
    pABENS!

  • Helosa says:

    Parabéns Lufe pelo belo e emocionante texto. Parabéns Archtrends/Portubelo .

  • Mirian Cristiano says:

    Lindo texto, Lufe!! Um mistura perfeita de informação, técnica e poesia. Parabéns pelo profissional e ser humanos ímpar que você é.

  • Arlene Alves says:

    Parabéns! Adorei a casa dos seus pais, casa de madeira ė tudo de bom. Parabéns pelo artigo.

  • augusto de Oliveira Martins says:

    Edt casa e uma inspiração. Todas as formas e exemplos de se preocupar com bem estar do outro , amei que quero me expirar nesta criação deste artista. Meus parabéns pelo exemplo de se preocupar pelos os seus pais…

  • Marion Creutzberg says:

    Que demais! Esse projeto é tudo de bom … é tudo que defendemos na Gerontologia (área de meu doutorado) e é muito bom ver isso acontecendo!

  • Antônia Martins says:

    Parabéns Lufe!!! A casa de seus Pais é linda, maravilhosa e bem iluminada!! Sejam felizes até a eternidade!!

  • Ângela Menezes says:

    Maravilha! Mas um local para encontrar você e suas ideias geniais, Lufe! Parabéns pela conquista de mais um espaço de partilha. = )

  • Maria da Gloria Coelho de Oliveira says:

    Como não apreciar tanta beleza e qualidades nos produtos utilizados. Sonhar é tornar o impossível em possível.
    Parabéns! Nas escolhas dos produtos.

  • Claudia says:

    Excelente a explicação do quanto é importante planejar e projetar um lar que seja a expressão do seu eu. Amei a casa, a história, o amor envolvido e a matéria. Sou sua fã. 😘

    • Carla Felice says:

      Emocionante o carinho e preocupação do Lufe com os pais. Ficou linda essa casa , nos inspira! Parabéns Lufe ! Você merece cada vitória. Parabéns Archtrends! O Lufe veio para abrilhantar esse espaço. O colunista perfeito ! O Lufe já realizou obras maravilhosas e meu sonho é entregar a chave do meu apto pra ele reformar. Confio plenamente ! O Lufe tem um olhar impecável para arquitetura 🥰❤

  • Mari Sayuri says:

    Parabéns à Portobello por convidar o Lufe para falar de casas com alma!!!
    Casas aonde se cria decoração, não apenas copia!!✨!🏡✨

  • Maria tereza de arruda azevedo. Teca-artes says:

    Parabéns pelo novo trabalho você é luz e com muita competência a divide com quem está aberto para recebe-la amo sua pessoa

  • Vera Paz says:

    Apaixonando,parabéns a vcs por ter uma pessoa como o Lufe,nos faz sonhar ,nos inspira a cada vez melhorar nossos lares…

  • Eliana Borelli says:

    Lufe, parabéns!
    A casa dos seus pais além de linda, é funcional e aconchegante.
    Não canso de olhar as fotos e admirar cada pedacinho da casa.
    Parabéns por sua conquista por aqui!
    Deus o abençoe a cada dia com sabedoria para seus projetos!!

  • Ivens says:

    Ficou lindo demais esse projeto. Salvei todos os materiais para minha futura casa. Obrigado por compartilhar.

  • Rosicler zoch da silva says:

    Só acho uma coisa. O banheiro podia ter um revestimento mais quente. Porque com a idade o banho fica mais difícil, aqui no sul. Quero dizer que aquela varanda é meu sonho de consumo aqui na serra de itaara, perto da minha cidade, Santa Maria, RS, amo a Portobello e tudo atende as expectativas quando pensamos em algo bonito e diferenciado. Lufe vc é um ser de amor profundo, aprendi com vc, sobre singularidade.bjs amigo

  • sandra says:

    IN-CRÍ-VEL!!!! Como tudo o que você faz, tem vida, coração e mais do que tudo, família…

  • SILVIA CRISTINA says:

    PROJETO MARAVILHOSO,ALTAMENTE SUSTENTAVEL,ACOLHEDOR,PRATICO E DE IMPECAVEL BOM GOSTO. AS MADEIRAS NATURAIS SAO LINDAS E TRAZEM LEVEZA AO AMBIENTE,TRAZENDO A SENSACÃO DE CALMA E PAZ INTERIOR ONDE CORPO E MENTE DESCANÇAM EM PERFEITA HARMONIA.PARABES PELO LINDO PROJETO DE CONFORTO PARA OS SEUS PAIS E FAMILIA.

  • Jonatas ferreira says:

    Parabéns d+ lindo projeto