Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Casa com crianças: o que muda na estrutura do lar?

23/02/2018

Se você pensa que, ao receber novos membros na família, todo o projeto decorativo e estrutural da residência vai precisar passar por inúmeras reformas trabalhosas e caras, podemos adiantar que não é bem assim.

Muitas pessoas pensam que uma casa com crianças deve estar 100% adaptada para a presença delas. Porém, em parte isso é um mito. O que é realmente preciso fazer são pequenas modificações buscando a segurança e o bem-estar tanto na rotina dos pais quanto na dos filhos.

Vamos mostrar quais são as reais mudanças necessárias no processo e como você pode fazer isso sem dores de cabeça!

Os objetos de decoração provavelmente vão mudar de lugar

Não é por acaso que começamos falando desse assunto. Receber crianças em casa significa que os pais vão precisar ter atenção dobrada em relação a qualquer coisa que possa ameaçar sua segurança.

A decoração, por mais que pareça inofensiva, pode se tornar um problema caso sua disposição não seja reconsiderada. Por exemplo: você tem uma mesa na sala repleta de vasinhos e outras pecinhas decorativas. Já sabemos que crianças são movidas por uma curiosidade constante, ou seja, uma hora vão se sentir interessadas em descobrir o que é aquela mesa “misteriosa” (na cabeça delas, pelo menos!).

Um simples movimento pode fazer com que os objetos caiam, provocando machucados. Imagine só se, além de cair, o item decorativo for de vidro e acabar quebrando?

Tendo isso em mente, tente ao máximo afastar objetos decorativos do campo de visão da criança e de alturas acessíveis a ela. Mas não é preciso se desfazer de tudo! Basta realocar a decoração perigosa para áreas fora de alcance.

Pequenos acessórios farão toda a diferença

Além da decoração, existem outros itens de segurança imprescindíveis para evitar acidentes e facilitar a rotina da família. Listamos alguns deles, veja a seguir:

Protetor de tomada

Já que não tem como mudar toda a estrutura elétrica da casa e passar as tomadas para o alto da parede, existem soluções baratinhas para resolver o problema.

Protetores de tomada são pequenos objetos que tapam a entrada e saída de energia. Dessa forma, evitam que a criança coloque os dedos ali e tome um choque elétrico.

Capa de sofá

Sofás não são baratos, nós sabemos. Não é legal (e nem cabível na realidade da maioria das pessoas) trocar a mobília sempre que algum acidente acontecer. Para evitar sujeiras, que são comuns em uma casa com crianças, uma ótima solução é adquirir uma capa de sofá.

Travas para móveis

Existem inúmeros móveis (armários, principalmente) com abertura acessível para crianças. Mas não é preciso abrir mão de nada e muito menos parar de guardar seus objetos dentro deles.

Eletrodomésticos também entram na lista dos protegidos pelas travas e, acredite, grandes dores de cabeça são evitadas ao eliminar a possibilidade de a criança abrir um forno, por exemplo.

Grades

Grades são ótimas opções para serem colocadas logo na entrada de escadas ou de outros espaços como corredores, que não contam com portas para bloquear a passagem.

Elas são válidas até mesmo naqueles ambientes que são divididos normalmente por uma porta, porém não precisam ficar fechados o dia inteiro. A pequena grade para limitar a passagem da criança já estará excelente.

Alguns revestimentos podem ser repensados

Na infância, a busca pelo novo é constante. Dessa forma, é normal que os pequenos exploradores queiram desbravar todos os quatro cantos da casa.

Linha B.I.S., Portobello. Com superfície para uso externo e interno, B.I.S. surpreende em formato 60×60 e 90×90, e também em cortes que reforçam o design de sobreposição

É comum que os pais se deparem com as paredes ou alguma parte do chão rabiscados, por exemplo. A solução pode ser encontrada na mudança dos revestimentos. Conheça algumas opções em www.portobelloshop.com.br.

O porcelanato é uma das melhores opções no mercado já que é uma peça “coringa”, que combina com os mais diversos tipos de decoração, é prático, muito fácil de limpar e tem a vantagem de durar por toda a vida.

Arquitetos vêm desenvolvendo projetos criativos que prometem acabar com os problemas que envolvem todo o processo de limpeza. Uma opção interessante é forrar o piso do quarto das crianças com EVA colorido. Além de ser baratinho e combinar com a decoração infantil, as obras de arte no chão estarão liberadas!

Outra vantagem do EVA é o fato de ele ser uma opção prática. Quando a criança crescer e surgir a necessidade de fazer alguma reforma, é só tirar o produto do chão, já que ele não prejudica a estrutura original do piso e nem gera dano algum.

Outra opção inteligente é aplicar revestimentos com resistência ao escorregamento em toda a casa, mas principalmente em áreas externas, rampas e piscinas. Assim, os pequenos podem brincar com liberdade e menos riscos de se acidentarem.

Slate Mountain Gridio, Portobello. Porcelanato toda massa com 2cm de espessura para uso em áreas urbanas e de alto tráfego. Reproduz o Granito e a Pietra Basaltina

A aquisição de novos móveis será considerada

Calma, não é necessário trocar todos os móveis da casa. Os modelos preocupantes são aqueles que têm as quinas muito pontiagudas. As crianças, em meio a brincadeiras e correrias, podem acabar trombando com áreas perigosas e cortantes. O tipo mais aconselhável de móvel é aquele que tem as extremidades arredondadas.

Caso a aquisição de novos móveis não caiba no orçamento atual da família, existem adaptações que funcionam bem. Da mesma forma que falamos sobre os protetores de tomada, é possível encontrar também os protetores de quina.

Eles são feitos de um material suave e mais bem-preparado para receber possíveis impactos. O preço é amigável e, quando os filhos crescerem, é possível tirar o encaixe e voltar o móvel para sua forma normal. E eles não são extravagantes, ou seja, não vão influenciar na decoração de casa.

Móveis multifuncionais também podem salvar a vida de qualquer família. Vale destacar aqueles que vêm com espaço para armazenamento interno (como camas, banquetas e mesinhas de centro, por exemplo).

À medida que a criança brinca por toda a casa e espalha seus pertences pelo caminho, esses móveis estarão lá para que você consiga administrar um pouco a bagunça. Isso facilita muito a organização.

Janelas deverão ter telas de proteção

Essa dica vale principalmente para moradores de prédios. Grades e telas de proteção são fundamentais e nem é preciso se estender demais nisso, não é mesmo?

Acidentes gravíssimos podem acontecer caso a criança tenha acesso a uma janela aberta. Para que os pais não se preocupem em sempre deixá-las trancadas (o que também não é indicado – ainda mais em dias mais quentes), deve haver um investimento em proteções de qualidade.

Quando pequenas recomendações são seguidas, pode ter certeza de que o lar se torna um lugar muito mais agradável para toda a família.

E então, após finalizar a leitura, deu para perceber que não é preciso reformar o projeto inteiro de uma casa com crianças? Se você gostou do nosso artigo, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *