Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Arquitetura

Biblioteca em casa: Dicas e inspirações

24/07/2019

Toda residência, independentemente do tamanho ou configuração, pode receber uma biblioteca personalizada. Basta fazer boas escolhas e acertar na combinação dos elementos. Fique com a gente e descubra como atingir esse objetivo no seu projeto de arquitetura.

Muita gente é apaixonada por leitura e gosta de viajar no mundo da imaginação sem sair do lugar. Por isso, ter uma biblioteca em casa é o sonho de muitos. Então, confira este post porque queremos mostrar que é possível propor uma biblioteca em casa no seu próximo projeto.

Claro que você deve-se tomar alguns cuidados para manter a vida útil dos livros. Para transformar esse sonho em realidade é preciso um pouco de espaço, prateleiras ou estantes para organizar e, também, uma boa poltrona — encontre um lugar adequado na casa para deixá-los expostos, agregando valor cultural ao lar do cliente.

Considerados tendências na decoração, os livros que lemos contam um pouco da história e da personalidade, deixando a casa com aquele toque especial e com o jeito particular de cada um. Acompanhe as nossas dicas e orientações para compor um projeto exclusivo!

Como montar uma biblioteca em casa?

biblioteca em casa

Aproveitando o espaço debaixo da escada para fazer uma estante com livros | Blácio Paulo Ruivo Júnior

Não é difícil criar um ambiente propício para a leitura dentro de uma residência. Afinal de contas, muitos dos recursos disponíveis para abrigar revistas, jornais e livros diversos são compactos e funcionais. Isso significa que ocupam pouco espaço e se adaptam facilmente a qualquer cômodo da casa.

Queremos inspirar você a tirar o projeto de biblioteca do papel e montar um modelo incrível no seu próximo projeto. Para isso, confira as inúmeras possibilidades.

Com estantes

Essa é a opção mais tradicional e costuma funcionar bem em ambientes sociais, como as salas de estar e de jantar. A vantagem é que existem diversos modelos de estantes no mercado, o que facilita a escolha de uma estrutura que harmonize com a decoração do cômodo.

De acordo com a preferência e a área disponível, você pode optar por estantes retilíneas, curvadas (orgânicas) ou irregulares (com nichos desencontrados). Esse tipo de mobiliário pode ficar apoiado em frente a uma parede livre ou ser posicionado no centro de um recinto, como se fosse um grande painel.

A ideia de colocar uma estante no limite de encontro de dois espaços é perfeita para quem deseja criar uma espécie de divisória no ambiente. Nesse caso, vale a pena investir em um modelo vazado — pode até ser uma parede de cobogós amplos — que mantenha os livros visíveis a partir dos dois lados da estrutura.

Com prateleiras

Práticas e elegantes, as prateleiras também são ótimas aliadas na hora de expor livros e outros materiais. Por permanecerem presas às paredes ou a peças verticais, como racks e painéis de TV, ajudam a economizar área útil. Ao mesmo tempo, fornecem superfícies extras para guardar inúmeros pertences.

Vale a pena explorar os modelos disponíveis para montar uma incrível biblioteca em casa. Você pode apostar em peças contínuas, que criem extensas linhas horizontais na parede. Outra opção é combinar várias prateleiras pequenas e distribuí-las de maneira aleatória, em diferentes alturas e distâncias das demais.

Cabe destacar que alguns modelos têm as extremidades limitadas por barreiras verticais, o que é ótimo para evitar que os livros caiam. Se possível, adquira elementos separadores que possam facilitar o trabalho ao organizar as pilhas, assim não terá dificuldade para compor ambientes personalizados com os títulos favoritos do seu cliente.

Com nichos

Assim como as estantes e prateleiras, os nichos podem ser encontrados em formatos mais simples ou complexos. A vantagem de usar nichos é que você pode aproveitá-los como peças individuais ou encaixá-los a outros modelos, como se quisesse compor um painel com diferentes volumes que abrigam livros.

Por serem fechados em todos os cantos, os nichos protegem os pertences de quedas e evitam que as pilhas “tombem” para os lados. Você pode encontrar modelos com ou sem fundo, além de exemplares fechados com portas de vidro — ótimas opções para evitar o contato com a poeira, insetos e umidade.

Além de transformar as paredes, um conjunto de nichos pode ser facilmente instalado em locais improváveis, como o espaço vazio sob uma escada. Nesse tipo de área, as peças atuam como armários embutidos nos quais você tem a possibilidade de dispor uma coleção inteira de arquivos importantes.

Com superfícies

Quem não gosta da ideia de ter estantes, nichos e prateleiras pode apostar nos tampos de diferentes móveis para expor os livros. Inclusive, essa é a alternativa mais recomendada se o seu objetivo é manter apenas alguns exemplares à vista.

Experimente aproveitar a superfície de um aparador, de uma mesinha de canto, de uma cômoda e até de uma escrivaninha para isso. Quer uma ideia mais ousada? Nesse caso, que tal utilizar a extremidade dos degraus de uma escada fixa ou articulada? Exercite a criatividade e capriche nos arranjos!

Como organizar diferentes tipos de livros?

biblioteca em casa

As prateleiras também são ótimas aliadas na hora de expor livros | M Mazza Arquitetura Ltda

É esperado que, com o tempo, você acumule títulos sobre diversos assuntos. A variedade de materiais é bem-vinda porque cria um visual interessante quando todos os livros estão agrupados. Ainda assim, vale a pena categorizar os exemplares em conjuntos específicos.

Veja as nossas dicas para organizar a disposição de cada modelo.

  • livros podem estar agrupados por gênero, por autor ou por ordem alfabética. Mas você precisa descobrir como se sente melhor para procurar e encontrar sem demora os seus títulos preferidos;
  • livros de arte, como fotografia, dão volume e são sempre um prazer ao alcance dos olhos. Dê movimento à sua estante escolhendo alguns deles para deixar com a capa à mostra;
  • livros com a capa danificada pedem encadernação nova — a menos que se trate de uma raridade. Assumir que os livros têm cores e tamanhos diferentes é mais rico, sincero e benéfico para a sua decoração;
  • coloque alguns volumes deitados e outros de pé — essa disposição alternada dá movimento à estante;
  • a profundidade ideal para uma estante de revistas é de 25cm. Já os livros de arte pedem 35cm. Deixe 40cm de altura entre uma prateleira e outra — assim você acomoda desde pilhas de revistas até as edições maiores;
  • empilhe as revistas por título, em ordem de lançamento;
  • revistas de assinatura mensal não devem formar pilhas de mais de três anos (36 exemplares). A consulta fica muito complicada;
  • as edições antigas precisam ceder espaço às mais novas. Faça uma doação desses materiais e mantenha os exemplares mais recentes;
  • edições avulsas podem ser agrupadas. Se possível, faça o agrupamento respeitando o tamanho e o assunto de que elas tratam;
  • porta-retratos, bolas de vidro e outras peças queridas trazem equilíbrio quando dispostas junto aos livros. Agrupe os itens semelhantes e observe a simetria.

Como trabalhar a estética do projeto?

biblioteca em casa

Estante para organizar os livros no escritório | Geruzza Archer Arquitetura

É importante pensar na aparência do projeto antes de montar uma biblioteca em casa. Ainda que os livros tenham cores e formatos que compõem arranjos repletos de informação, nada impede que você obtenha uma estética específica com escolhas inteligentes. Veja como harmonizar os materiais impressos com outros acabamentos.

Combine as tonalidades

Pretende expor livros de diferentes modelos em uma mesma prateleira? Nesse caso, tenha em mente que a mistura de capas deixará o visual bastante colorido. Uma solução interessante para valorizar o conjunto é manter um fundo neutro — que pode ser uma parede tingida de branco, marrom ou cinza.

Por outro lado, se no projeto será exibido apenas exemplares de uma mesma coleção, a dica é brincar com as cores. Diversos livros com capas pretas ou vermelhas, por exemplo, podem criar um contraste incrível sobre uma parede amarela ou laranja.

Faça uso de revestimentos

Outra possibilidade para você arrasar no projeto da biblioteca é investir em detalhes com revestimentos. Se o cômodo escolhido para abrigar os livros tem um estilo rústico, que tal compor uma parede com porcelanato que reproduz tijolo e, sobre ela, dispor prateleiras feitas com madeira de demolição?

A mesma técnica funciona com os nichos e estantes que tenham fundo vazado. Nesses casos, a dica é preencher a parte de trás (área da parede que ficará visível) com pastilhas, azulejos decorados ou placas de cerâmica estampada — há modelos com relevos, cortes e desenhos variados.

Em todo caso, procure sempre adequar a estampa do revestimento ao material empregado nos móveis que servirão de apoio para os livros. Se preferir, você pode deixar as paredes livres e aplicar apenas piso ou rodapé de porcelanato. Não há regra para adequar esses produtos ao tema que você procura.

Como cuidar dos componentes da biblioteca?

Ter uma biblioteca em casa é maravilhoso, mas os livros precisam de cuidados porque são feitos de matéria orgânica. Os suportes e móveis que abrigam esses materiais também exigem atenção para que permaneçam sempre limpos e organizados.

Acompanhe as nossas dicas e saiba como conservar cada elemento da biblioteca por mais tempo.

  • procure não manusear os livros com as mãos sujas ou engorduradas;
  • de uma a duas vezes por ano, pegue o escovão e limpe a parte de cima e as laterais de todos os seus livros para remover a sujeira e a poeira acumulada;
  • se a estante fica em um lugar com um pouco de umidade, espalhe pelas prateleiras algodão embebido em terebintina (vendida em lojas de produtos para artes) e troque a cada três meses;
  • para proteger os livros das traças, existe uma série de receitas. A mais indicada é espalhar querosene por toda a estante, manter sempre a área dos livros arejada e deixar pastilhas de cânfora pelas prateleiras. Naftalina, cravo-da-índia, grãos de pimenta-do-reino e folhas de louro também funcionam, mas é preciso trocar mensalmente;
  • para capas de couro, a melhor alternativa é cobri-las com uma camada leve de vaselina — esse produto ajuda a manter o tecido hidratado;
  • se as páginas dos livros estiverem manchadas, tente esfregar miolo de pão sobre elas. Se forem manchas de mofo, devem ser removidas esfregando um pano umedecido em vinagre e depois passando algodão seco;
  • para evitar que os livros criem bolor, passe perfume neles. As essências de alfazema e terebintina são as mais indicadas;
  • se o livro estiver úmido, coloque-o para tomar sol por alguns minutos;
  • para a limpeza no dia a dia, use um espanador bem peludo que ajude a remover a poeira constantemente;
  • estantes com portas de vidro são as mais recomendadas para guardar livros, já que mantêm todos protegidos dos insetos e da poeira.

Inspire-se nas diversas opções de móveis feitos sob medida para guardar livros. Eles deixarão sua casa ainda mais bela, com cores, textos, autores, poesias e tudo aquilo de que você gosta. Mobiliários com cortes diferenciados sobre diferentes materiais também são interessantes, a exemplo das prateleiras e dos nichos feitos a partir da arte da porcelanateria.

Gostou das ideias e inspirações para desenvolver o seu próximo projeto de uma biblioteca em casa? Outra dica legal é a rede social para os amantes dos livros, a SKOOB (Books ao contrário)! Lá é possível marcar os livros que já leu e também pode dar nota aos seus livros preferidos, montando uma incrível estante virtual! Nós adoramos e a nossa estante virtual está cheia — entre para o grupo de leitores assíduos e aproveite!

Foto de capa: MW STUDIO

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *