Menu
Projetos e Obras
Busca

Projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

Conteúdo Correspondentes Internacionais

Projeto de bazar no Irã faz releitura da arquitetura do Oriente Médio

17/01/2022

Bazar em Mashhad, no Irã, ganha arquitetura moderna e sustentável, que rememora as características do Oriente Médio.

A diretriz de design principal do projeto começou com uma investigação da história da arquitetura de bazar no Irã e na cidade de Mashhad. 

Desde tempos imemoriais, o vínculo inquebrantável entre os grandes mercados da cidade e as bases da economia fez com que os bazares assumissem um papel importante e consistente na vida diária das pessoas.

Projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

A morfologia principal do design é inspirada em grandes e famosos bazares locais como Sar-Shoor, Farsh e Reza. 

Entre as principais características desses bazares está o hall de entrada em forma de alpendre que, semelhante à portal principal, orienta os pedestres em seu interior. 

Todos os arcos e varandas individuais levam à entrada principal do bazar – usar abóbadas e arcos para cobrir grandes aberturas é outra característica visual desse estilo de comércio.

Projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

O vilarejo Kang, no subúrbio de Mashhad, também foi estudado por seu significado histórico e sua notável estrutura em escadaria, que segue a posição geográfica das encostas das montanhas. 

A formação de varandas em cada casa, encadeadas em camadas, contribuiu enormemente para a base do projeto do jardim do bazar. 

Projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

Nossa vida cotidiana hoje envolve amplamente funções e atividades sociais das quais participamos diariamente. 

Na ausência de espaços públicos acessíveis e adequados no Irã, o escritório de arquitetura responsável pelo projeto, RVAD studio, colocou os espaços comuns e sociais em um desafio e conceituou uma opção possível ideal. 

A ideia principal do projeto é apresentar uma nova perspectiva sobre os espaços públicos urbanos, dos quais muitas cidades iranianas, como Mashhad, precisam exorbitantemente.

Projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

Tagh Behesht, o novo bazar, tem grande potencial para se tornar um centro urbano, dada a sua proximidade a um dos maiores parques públicos de Mashhad, o que incentiva e convida visitantes de todas as idades. 

Ao mesmo tempo, sua geografia estratégica permite que se torne uma grande atração para turistas e visitantes de países vizinhos.

Estudo da maquete de projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

Como principais centros sociais, os bazares públicos das cidades estão concentrados sempre em uma região central, na grande maioria longe dos espaços verdes. 

Portanto, o escritório de arquitetura decidiu projetar um novo tipo de “Complexo Comercial” com uma visão mais moderna e verde. 

Estudo de projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

A presença do Parque Mellat adjacente permitiu uma abertura visual para o parque, a fim de criar melhores vistas e portas de entrada mais acessíveis para os visitantes. 

As aberturas estão em camadas, onde do piso térreo são conectadas às camadas superiores por meio de uma trilha para caminhada.

Estudo urbano de projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

Uma das ideias principais no design do projeto são as conexões com a cidade, usando passarelas de pedestres para criar passagens seguras e agradáveis. 

O princípio importante por trás do projeto de tais pontes é incorporar a natureza e os espaços verdes como plataformas situadas em diferentes áreas ao redor do bazar, resultando em uma experiência mais agradável e um efeito ambiental positivo. 

Essas pontes, atuando como caminhos para pedestres, apresentam uma nova experiência de cidade para os visitantes, criando uma perspectiva diferente longe do trânsito.

Um jardim central atua como centro de conexão do projeto, muito parecido com um entroncamento da cidade, é o cruzamento entre todas as passarelas suspensas para pedestres, que convida a cidade a entrar e, eventualmente, conecta os demais andares comerciais do bazar. 

Imagem interna do projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

Um dos componentes mais interessantes deste projeto são os pátios suspensos, situados entre as zonas de escritórios que proporcionam um espaço verde a todos os pisos e unidades, bem como luz suficiente e direta. 

A principal preocupação ao projetar tais espaços foi garantir a distância adequada entre as unidades de negócios atuais para permitir uma paisagem bonita e aberta. 

Imagem interna do projeto de Bazar no Irã (Imagem cortesia: Hassan Dehghanpour)

O design exterior do edifício é inspirado em arcos, frequentemente encontrados nos bazares proeminentes de Mashhad. A crosta da malha em tijolo, como uma segunda camada, bloqueia a luz desagradável de leste e oeste, enquanto ainda filtra um grau moderado de luz nas áreas de escritório.

Gostaram do projeto? Achamos incrível essa releitura moderna de uma arquitetura tão tradicional e marcante. Compartilhe com a gente a sua opinião.

LEIA TAMBÉM: Arquitetura iraniana: inspire-se em suas principais características

)

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *