Menu
Projetos e Obras
Busca
Saiba como montar um bar em casa aproveitando os ambientes

Conteúdo Design

Saiba como montar um bar em casa aproveitando os ambientes

28/11/2018

Cada vez mais, as áreas sociais são trabalhadas de modo a proporcionar encontros memoráveis nas residências. Neste artigo, você vai descobrir como melhorar esses espaços com um projeto de bar.

Quem frequentou diversos lares nos anos 1990 sabe que a ideia de manter um bar em casa não é de hoje. Muitos desses espaços se resumiam a grandes balcões com prateleiras e compartimentos para guardar copos, utensílios e bebidas variadas.

Atualmente, como acontece com diversas soluções, os famosos bares caseiros vêm ganhando releituras. Eles surgem com configurações diferenciadas e se adaptam a ambientes amplos e compactos, o que permite que o anfitrião receba os amigos e a família com o máximo de conforto.

Que tal conferir as possibilidades para criar essa área de convivência tão especial? Acompanhe o artigo e descubra ideias que vão surpreender seus clientes.

Vantagens do bar em casa

Sala de recepções ambientada com a temática de bar – Projeto dos arquitetos Eduardo Miranda e Gabriela Bassani

Não faltam motivos para investir nos bares caseiros. O cuidado em personalizá-los a partir das necessidades dos usuários é o que possibilita a inclusão desse tipo de projeto em qualquer espaço livre da residência. Veja por que a solução atrai tanta gente.

Não demanda tanto espaço

É fácil otimizar o local de armazenamento de bebidas, independentemente da quantidade de rótulos existentes. Por isso, mesmo em residências menores, você consegue aproveitar cantos ou corredores inutilizados para instalar um pequeno bar.

Modelos verticais, embutidos e com elementos retráteis, por exemplo, são tendência para espaços pequenos. Basta usar a criatividade para encontrar saídas inteligentes e funcionais.

Ajuda a organizar as bebidas

Bar moderno em ambiente amplo acoplado a parede – Projeto da arquiteta Ana Andréa Barra

Um bom projeto deve focar na praticidade e manter todas as garrafas organizadas. Mas o arquiteto pode ir além e pensar em maneiras de abrigar taças, copos e outros utensílios utilizados em momentos de confraternização.

Isso facilita a rotina dos moradores, que encontram todos os recursos necessários em um único lugar.

Cria um ambiente social

Festas de aniversário, encontros familiares e comemorações em datas especiais ficam completas com um bar em casa. Dependendo da situação, o arquiteto ainda consegue integrar o projeto a uma área com churrasqueira ou espaço gourmet para criar um ambiente social incrível.

Bar como parte da decoração

Essa é a maneira mais simples de montar um bar. A solução consiste em incorporar elementos do projeto à decoração, como se fizessem parte do estilo trabalhado no ambiente. Para isso, existem duas opções de modelos que funcionam muito bem. Veja a seguir.

Acoplado às paredes

Bar integrado a mais de um ambiente – Projeto do arquiteto Edgar Monteiro

É ideal para quem tem pouco espaço ou quer adicionar volume a uma superfície sem graça. Nesse caso, vale fixar peças com design diferenciado nas paredes para que ofereçam suporte às bebidas e utensílios. Há vários recursos disponíveis:

  • suportes metálicos: são moldados de modo a permitir o encaixe perfeito dos gargalos;
  • grades de ferro: decorativas, as grades permitem apoiar rótulos e outros objetos em suas extremidades torcidas;
  • nichos: em formatos arredondados ou com linhas retas, abrigam garrafas de diversos tamanhos. Experimente fechá-los com vidro para que pareçam quadros;
  • prateleiras: podem ser instaladas em diferentes alturas, lado a lado ou de maneira intercalada;
  • painel amadeirado: existem modelos com buracos distribuídos de modo desigual ou alinhado — ótimos para incrementar o bar de uma sala integrada com varanda.

Um exemplo de ambiente que aproveita uma superfície vertical está na garagem de estar projetada por Ana Andréa Barra. A partir da adição de um jogo de nichos trabalhados com iluminação e profundidade, a arquiteta criou uma estrutura interessante para abrigar as bebidas na parede.

Integrado aos móveis

Bar acoplado aos móveis – Projeto do escritório By Arq&Design

Outra técnica simples para ter um bar em casa é montá-lo sobre móveis específicos ou mantê-lo dentro de armários. Mesas altas, aparadores e buffets são ótimas peças para isso porque estão presentes na maioria das residências.

No projeto de Liz Ribeiro é possível ver o bar integrado a outros espaços a partir do uso de móveis planejados — nichos e prateleiras são ótimos para isso! O mesmo acontece no ambiente com adega e churrasqueira concebido por Edgar Monteiro, bem como na sala de jantar com área gourmet do escritório Panatto Hilgemberg Arquitetura.

Os tradicionais carrinhos também são úteis nesse tipo de composição. Existem vários modelos, com capacidade para guardar diversos itens utilizados em dias especiais. A principal vantagem do equipamento está na mobilidade, visto que traz rodinhas que permitem levar o minibar a qualquer ambiente.

Tanto os móveis quanto os carrinhos podem ser complementados com toalhas, trilhos, arranjos de flores e acessórios. Aproveite para adquirir, também, artigos de bar em lojas especializadas. Com certeza encontrará uma variedade de bandejas, pratos, apoios de copo, balde de gelo, coqueteleiras e outros recursos.

Criação de um ambiente único

Ainda que tenham a possibilidade de aproveitar o que há em casa, muitas pessoas desejam um bar exclusivo para receber as visitas. Nesses casos, é importante ficar atento a alguns detalhes para montar um projeto do zero. Confira os principais:

Local

Qualquer espaço pode ser aproveitado para a criação do bar, mas tente priorizar as áreas sociais da casa — geralmente próximas das salas e da cozinha. São lugares estratégicos que abrigam a maioria dos encontros entre moradores e convidados.

Também é importante atentar para a incidência de luz natural, pois ela tende a degradar algumas bebidas. Assim, evite áreas muito próximas de janelas ou providencie uma barreira protetora contra o sol (que pode ser um móvel ou divisória).

Tema ou estilo

É crucial pensar em um estilo decorativo para acertar na escolha das cores, materiais e artigos do bar. O ambiente pode seguir a mesma linguagem da residência (integração) ou ser trabalhado com uma temática diferente (contraste).

Converse com o cliente e avalie as condições do espaço para que determinem juntos a estética do projeto. Não importa se será clássico, moderno, rústico ou despojado: o local precisa transmitir o modo de vida dos proprietários.

Equipamentos

Os móveis planejados são perfeitos para a criação de projetos exclusivos porque possibilitam a personalização do tamanho, formato e acabamento de balcões, armários e bancos. Você também pode apostar no mobiliário feito a partir de técnicas especiais, como a arte da porcelanataria, a fim de obter cortes diferenciados.

Se o objetivo é unir o bar a uma área gourmet, você também precisará prever eletrodomésticos e bancadas de serviço. Isso inclui pia, fogão, frigobar e uma superfície para preparar os alimentos.

Revestimentos

Alguns revestimentos são ótimos aliados na hora de compor um bar em casa. Opções como o porcelanato, por exemplo, agregam valor estético a pisos e paredes e ainda trazem o benefício da facilidade de limpeza.

A característica do material também pode ser aproveitada na base dos balcões e no tampo de mesas ou bancadas. A vantagem é que, ao revestir móveis e grandes superfícies com o produto, você diminui o trabalho de manutenção sem abrir mão do bom gosto. Há modelos que reproduzem pedra, madeira, concreto e outras estampas.

Iluminação

iluminação artificial pode contribuir de diversas maneiras no projeto: dar destaque a garrafas, valorizar detalhes do mobiliário ou potencializar o ar temático do bar. Em todo caso, é interessante utilizar lâmpadas de LED, visto que não aquecem e são mais econômicas.

Você pode colocar spots embutidos no teto, instalar luminárias pendentes acima da bancada, providenciar painéis luminosos e distribuir mangueiras de luz dentro dos móveis — existem fitas em diversas cores.

Acessórios

Espelhos, esculturas customizadas e placas temáticas (com frases, desenhos ou símbolos) não podem faltar no projeto. Eles arrematam a composição e criam uma atmosfera divertida, ideal para os momentos de confraternização.

Utensílios utilizados no dia a dia também podem fazer parte da decoração: medidores, saca-rolhas, facas, pilão, tábua de corte. Copos com formatos diferentes, embalagens raras e taças grandes chamam a atenção e são ótimos artigos para exibir.

Você confere vários exemplos do que citamos em um projeto de bar feito por Eduardo Miranda e Gabriela Bassani, de Passo Fundo (RS). O objetivo dos profissionais era criar uma sala de TV com estilo de PUB. Entre os principais destaques está o piso, uma reprodução de concreto City Fendi. A área abaixo da bancada é toda trabalhada com peças decorativas — o que permitiu delimitar o espaço sem perder a integração.

E então? Conseguiu captar ideias para seus próprios projetos? Aproveite para levar mais essa solução a seus clientes e fazer do bar em casa um ambiente propício para a diversão da família e de seus convidados.

E se você gostou deste artigo, poderá se interessar pelas dicas que separamos para montar uma adega em casa. Boa leitura!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *