Menu
Projetos e Obras
Busca

Ateliê de Joias Viviany Amorim (Foto: Gabriela Daltro

Conteúdo Colunistas

Delicadeza define ateliê de joias

26/11/2021

Projeto de interiores partiu da cor verde água e da madeira clara para compor espaço de criação e atendimento de 50m².

A designer, o produto e a ambiência do lugar estão em sinergia absoluta no projeto do novo ateliê de joias de Viviany Amorim, em Florianópolis, Santa Catarina. A delicadeza e suavidade predominam em todas as escolhas, que teve como partido principal de projeto a cor verde água e o design em diferentes escalas. “Mergulhei no universo dela, nas cores, nas joias, no tom verde água que é a cor preferida e a cor da marca presente nas embalagens. Meu partido para o projeto foi a cor”, conta a arquiteta Juliana Pippi, que assina o projeto de interiores. Para além de clientes, as duas se tornaram amigas e lançaram a primeira collab, a Coleção Mineral (leia matéria aqui).

ateliê de joias
Delicadeza desde a ambiência, ao ateliê e a designer de joias Viviany Amorim (Foto: Gabriela Daltro)

Viviany tinha um sonho de contratar a arquiteta para fazer o projeto do ateliê desde que viu a sala Cor de Rosa e Carvão que Juliana fez para a Casa Cor SC, em 2017. “Percebi que tínhamos muito em comum, contamos histórias com nossas obras, e mais que tudo queremos gerar emoção”, diz a designer catarinense. Quando o ateliê completou sete anos, chegou o momento de mudar a rota e realizar o desejo de contratar a arquiteta para projetar o novo espaço, que mudou de endereço e se reposicionou no mercado.

ateliê de joias
Sala Cor de Rosa e Carvão, ambiente da arquiteta Juliana Pippi para a CasaCor SC 2017, pelo qual a designer de joias Viviany Amorim de apaixonou (Foto: Lio Simas)

Design em escalas 

O ambiente da mostra retratou a força da mulher contemporânea e apostou em materiais como o carvalho americano, madeira no forro e peças garimpadas de antiquários e de design assinado. Para o ateliê de joias de 50m², alguns materiais se repetiram como o carvalho americano que traz a presença da madeira natural clara, valorizando o toque. Um tapete verde água forra o piso, e a cor se repete também na porta que dá acesso a sala reservada para a designer criar e receber clientes.

ateliê de joias
Ateliê de Joias Viviany Amorim (Foto: Gabriela Daltro)

Um único painel divide o ambiente e organiza as funções: de um lado, ateliê e atendimento; do outro, sala de criação de Viviany. O destaque são as várias gavetas onde ela guarda as pedras preciosas para futuras joias. 

ateliê de joias
Designer de joias Viviany Amorim em seu ateliê, no Centro de Florianópolis

A seleção de peças considerou o olhar das duas para o design e a valorização dos produtos com processos criativos potentes. Por isso, a escolha pela poltrona Leiras, de Domingos Tótora, as cadeiras Tiras da Lattog Design, e pendentes de Ana Neute.

ateliê de joias
Painel com vitrines para expor as joias na divisória em cobogó desenhado por Ana Paula Castro
ateliê de joias
Poltrona Leiras, de Domingos Tótora, criada a partir de uma concha de papel Kraft reciclado, inteiramente moldada à mão. Os pés são de ferro
Arquiteta Juliana Pippi
Paleta de cores suaves e delicadas do ateliê

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *