Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Arquitetura e Carnaval: veja cidades brasileiras que são ótimos destinos para foliões

20/02/2019

Para um profissional da área, curtir a festa em um lugar diferente pode ser uma grande oportunidade de conhecer a detalhes arquitetônicos locais. Confira algumas dicas!

O Carnaval é uma das datas mais aguardadas pelo povo brasileiro. O plano de muita gente é aproveitar o período para tirar férias, viajar com a família e os amigos.

E existem ótimos destinos no país que unem arquitetura e turismo. Confira a lista que fizemos de locais onde se pode curtir a folia e, ao mesmo tempo, apreciar belos cenários!

  • Rio de Janeiro;
  • São Paulo;
  • Salvador;
  • Minas Gerais;
  • Pernambuco.

Por que vale a pena passar o Carnaval no Brasil?

Apesar de ter surgido primeiro em Veneza, o Carnaval ganhou maiores proporções no Brasil. No país, o agito e o colorido têm um novo significado e, por isso, esse evento é prestigiado em tantos municípios. Os grandes carnavais brasileiros não são apresentados apenas em salões de bailes ou sambódromos.

Eles ocorrem também como desfiles urbanos, sendo compostos por grupos informais e abordando temas diversos. São os tais blocos de rua, que usam a sátira como forma de manifestar a cultura e discutir a situação da política do país. E é a cidade – sua arquitetura e turismo – o pano de fundo das máscaras e fantasias.

Casas de cidades históricas se tornam uma atração à parte

Já há cinco anos, esse tendência era ressaltada na mídia, veja:

“Os blocos carnavalescos vêm ganhando força em decorrência da necessidade de se obter momentos de expressão e manifestação das relações sociais centradas na alegria”, comentou Alessandro Dozena em reportagem de UOL.

“A cidade ocupada pelas pessoas é o que a gente sempre deseja. É assim que se constrói uma convivência maior no bairro e cria-se um espírito de vizinhança. Mais do que isso, as festas de rua ainda evidenciam algumas questões básicas que precisam ser solucionadas e, às vezes, são esquecidas (…)”, disse Newton Massafumi em reportagem de Casa Vogue.

Como surgiram os carnavais de ruas no Brasil

O Carnaval chegou ao Brasil com a Corte Portuguesa, no século XVII. O entrudo – uma festividade que acontecia na Europa – apareceu primeiramente em Pernambuco durante o período de Reis, com direito a marchas e cantigas.

Com a transferência da Família Real para o Rio de Janeiro, a comemoração foi modificada para bailes e passeios mascarados – mesclando personagens de origem europeia com da colônia.

Pode-se dizer que foi a partir desse período que começaram a surgir os primeiros cortejos e blocos carnavalescos. Até o final do século XIX, já era comum ver as ruas das cidades grandes – em especial o Rio de Janeiro – tomadas por grupos de foliões ao som de marchinhas.

A festa foi se popularizando cada vez mais e logo se tornou o evento popular mais importante do Império.

Arquitetura e Turismo | Destinos para curtir o Carnaval e apreciar prédios históricos

Uma festa que, se celebrada na rua, não pode deixar de ser influenciada por seu entorno. É o que destaca Tomas Alvim, em reportagem de Casa Vogue“O Carnaval de rua (…) traz uma nova vivência do espaço público e ajuda a construir uma nova relação com a cidade, mostrando que é possível andar por ela e se apropriar das ruas”.

Carnaval também é tempo de viver arquitetura e turismo!

Nessa época do ano, existem muitas manifestações diferentes ocorrendo ao mesmo tempo no Brasil. E o legal é que cada uma delas, do modo como são realizadas, provocam mudanças espaciais e influenciam o jeito como as pessoas veem as cidades.

Veja a seguir cinco destinos de arquitetura e turismo para quem deseja passar o Carnaval no Brasil!

#1 Rio de Janeiro

Cidade com o maior Carnaval do mundo – título designado pelo Guinness -, com cerca de 440 blocos de rua. A antiga capital do Império apresenta muitos edifícios históricos de diferentes períodos.

Bloco de Carnaval de rua em Ipanema (Foto: Wikimedia commons)

Dentre os exemplares mais importantes, pode-se destacar:

  • A antiga catedral;
  • O Parque Lage;
  • O Teatro Municipal;
  • A Biblioteca Nacional;
  • O Museu de Arte Moderna;
  • O Palácio Gustavo Capanema;
  • Os Arcos da Lapa;
  • O Museu do Amanhã.

Vista dos Arcos da Lapa e outros edifícios da cidade do Rio de Janeiro (Foto: Rodrigo Soldon)

#2 São Paulo

Cidade com mais de 600 blocos de Carnaval – muitos organizados na região do Largo do Barata e no coletivo Baixo Centro.

Nela, vale a pena conferir:

  • O Hotel Unique;
  • Oca e Auditório do Ibirapuera;
  • Museu da Imagem e do Som;
  • A Pinacoteca do Estado;
  • O Teatro Municipal;
  • O Mercado Municipal;
  • MUBE;
  • MASP;
  • Sesc Pompeia.

Sem falar nas famosas e incomparáveis casas modernas de Warchavchik e de Lina Bo Bardi, como sua famosa Casa de Vidro.

Vista aérea da cidade de São Paulo (Foto: Joelfotos)

#3 Salvador

Possui mais de 150 blocos de Carnaval organizados em circuitos animados que contam com a participação de milhões de pessoas. Fora isso, a capital da Bahia é reconhecida por seu patrimônio arquitetônico remanescente do período colonial.

Dentre os edifícios mais bonitos da cidade se destacam:

  • A Igreja e Convento de São Francisco;
  • O Mercado Modelo;
  • O Palácio Rio Branco.

Região do Pelourinho e seus casarões históricos na cidade de Salvador (Foto: André Urel)

#4 Minas Gerais

A capital do estado, Belo Horizonte, tem blocos de Carnaval em formação desde 1897, antes da data de sua inauguração – sendo o mais antigo o Club Demônios de Luneta.

Mas, ao passar pela cidade, as pessoas devem conferir:

  • O conjunto da Pampulha;
  • A Casa Kubitschek;
  • A Sede Administrativa da Fundação Zoo-Botânica;
  • O Edifício Niemeyer.

Agora, quem aprecia uma arquitetura e turismo mais tradicionais pode seguir para o interior do estado e visitar Diamantina e Ouro Preto. Ambas as cidades possuem blocos de Carnaval bastante animados, porém de atmosfera familiar, com muitos bonecos caricatos bem-humorados.

Durante o percurso é possível conferir ruas de pedra e lindos edifícios em estilo barroco, como a Igreja de São Francisco de Assis.

Espaço ajardinado no Conjunto Arquitetônico da Pampulha em BH (Foto: Prefeitura de Belo Horizonte)

Carnaval na cidade de Ouro Preto (Foto: Wikimedia Commons)

#5 Pernambuco

Os dois melhores carnavais do Brasil são realizados nesse estado exemplo em arquitetura e turismo. Milhares de foliões seguem no Recife blocos como o Galo da Madrugada – o maior bloco do mundo – enquanto ouve frevo e vê algumas das construções históricas mais importantes do país.

Infelizmente, várias áreas de patrimônio da cidade estão descaracterizadas, mas vale a pena ainda conferir:

  • O Forte do Brum;
  • A Capela Dourada;
  • O Teatro Apolo;
  • A Faculdade de Direito.

Agora, em Olinda a atração de Carnaval é o bloco do Bacalhau do Batata, que sai na quarta-feira de cinzas. Na cidade, o turista também pode conferir excelentes exemplares de arquitetura colonial em estilo barroco. Dentre os edifícios têm-se sobrados, casarões, conventos e mosteiros. Destaque para as igrejas do Carmo, da Misericórdia e São Francisco, além da Basílica de São Bento.

Carnaval na cidade de Olinda, Pernambuco (Foto: Wikimedia Commons)

Gostou das dicas de cidades com patrimônio arquitetônico para visitar no Carnaval? Agora, se você é daqueles que ainda prefere ficar em casa e se divertir de outras formas, leia nossa matéria “Decorando a casa para o Carnaval”!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *