Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Arquitetura desmontável

13/08/2018

Construção seca tem estrutura modular pré-fabricada em balanço com vista para a obra do futuro Floripa Airport.

Provocado pelo cliente para projetar uma obra temporária e impactante que refletisse o novo aeroporto internacional de Florianópolis, em Santa Catarina, o arquiteto Ronaldo Martins encarou um desafio e tanto. “A arquitetura que praticamos é toda artesanal”, comenta, explicando que a ideia foi justamente racionalizar e fazer um exercício de construção comparado à montagem de um automóvel.

O projeto é o Visitor Center, já apelidado de miniterminal, formado por um lounge/bar, auditório para 40 lugares, sala de reunião e espaços de apoio, totalizando uma área de 163m², além de dois terraços externos e um estacionamento. Localizado no platô mais alto do canteiro de obras, permite ao visitante uma visão privilegiada da construção do aeroporto – previsto para começar a operar em agosto de 2019.

Nova recepção no atual aeroportoFoto: ATOS 9 Arquitetura

Nova recepção no atual aeroporto (Foto: ATOS 9 Arquitetura)

Lounge novo no atual aeroporto. Foto: Floripa Airport/Divulgação

Lounge novo no atual aeroporto (Foto: Floripa Airport/Divulgação)

Outro ângulo do novo lounge no atual aeroporto Foto: Floripa Airport/Divulgação

Outro ângulo do novo lounge no atual aeroporto (Foto: Floripa Airport/Divulgação)

Para executar uma arquitetura mais industrializada, Ronaldo optou pela construção modular metálica pré-fabricada, executada no chão de uma fábrica na cidade de Tubarão, localizada no sul de Santa Catarina. A obra levou 55 dias para ficar pronta considerando todos os acabamentos externos e internos, incluindo o mobiliário. A edificação tem quatro módulos de 3,20mx12m cada um, tamanho definido a partir do espaço na carreta que faria o transporte até o local. Completam o prédio o uso de platibanda, telha sanduíche e brises que conferem o necessário conforto e proteção térmica.

MATERIAIS

“Recebemos dos clientes uma lista de materiais que seriam utilizados na obra do aeroporto, essa foi a diretriz da nossa pesquisa”, diz Ronaldo. Externamente, a edificação foi revestida com telas metálicas perfuradas, persianas têxteis e vidros em grandes dimensões, além do uso de fachada ventilada com placas fenólicas em diversas cores. Todos esses itens fazem parte da estratégia bioclimática utilizada para manter a temperatura interna equilibrada com baixo uso de energia.

O projeto do Visitor Center é do escritório ATO 9 Arquitetura, dirigido pelo arquiteto Ronaldo Martins, que também administrou a obra e contou com a participação da empresa Brasil ao Cubo, responsável pelo desenvolvimento dos quatro módulos metálicos que formam o conjunto.

Planta baixa do projeto do ATOS 9 Arquitetura

Planta baixa do projeto do ATOS 9 Arquitetura

Projeto do Visitor Center tem estrutura modular pré-fabricada em balanço com vista para a obra do futuro Floripa Airport. Escritório ATO 9 Arquitetura assina o arquitetônico e execução do miniterminal.

Projeto do Visitor Center tem estrutura modular pré-fabricada em balanço com vista para a obra do futuro Floripa Airport. Escritório ATO 9 Arquitetura assina o projeto arquitetônico e execução do miniterminal

Outra perspectiva do projeto Visitor Center. Foto: ATOS 9 Arquitetura

Outra perspectiva do projeto Visitor Center (Foto: ATOS 9 Arquitetura)

NOVOS ESPAÇOS  

O escritório também assina a reforma e ampliação da sala de espera, business lounge e banheiros do atual Aeroporto Internacional de Florianópolis, ambientes inaugurados em julho. Os novos espaços garantiram a expansão em 50% da capacidade de atendimento na área de embarque. Localizados no piso superior, podem ser acessados por rampa a partir da sala de embarque.

Hall de acesso aos novos banheiros do Aeroporto Internacional de Florianópolis. No piso, porcelanato natural da linha Superquadrada (Portobello) e na parede do hall, porcelanato decorativo Madam MAatt White, da Linha 3D Lab (Portobello). Foto: Floripa Airport/Divulgação

Hall de acesso aos novos banheiros do Aeroporto Internacional de Florianópolis. No piso, porcelanato natural da linha Superquadrada (Portobello) e na parede do hall, porcelanato decorativo Madam Matt White, da Linha 3D Lab (Portobello) (Foto: Floripa Airport/Divulgação)

Porcelanato polido da Linha Marmi Clássico, utilizado nas paredes e bancada da pia, confere identidade e sofisticação aos banheiros. Espelhos sustentados por cintos em couro atualiza o décor. Foto: Floripa Airport/Divulgação

Porcelanato da Linha Marmi Clássico, utilizado nas paredes e bancada da pia, confere identidade e sofisticação aos banheiros. Espelhos sustentados por cintos em couro atualiza o décor (Foto: Floripa Airport/Divulgação)

O fraldário oferece poltrona para amamentação em ambiente privativo, com isolamento acústico e luz baixa, colchões para troca dos bebês e até um micro-ondas. Foto: Floripa Airport/Divulgação

O fraldário oferece poltrona para amamentação em ambiente privativo, com isolamento acústico e luz baixa, colchões para troca dos bebês e até um micro-ondas (Foto: Floripa Airport/Divulgação)

A sala de espera já anuncia o conforto que os visitantes irão desfrutar no novo terminal: foi mobiliada com as longarinas Vitra, cadeiras usadas nos principais aeroportos do mundo e que serão os assentos oficiais do novo aeroporto. Já o business lounge é um local exclusivo para quem quer aguardar o voo com mais privacidade, com serviços exclusivos e capacidade para 30 pessoas sentadas.

Sala de espera com as longarinas Vitra, cadeiras oficiais do novo aeroporto. Imagem: Floripa Airport/Divulgação

Sala de espera com as longarinas Vitra, cadeiras oficiais do novo aeroporto (Imagem: Floripa Airport/Divulgação)

Para o projeto dos novos banheiros, a opção foi por uma linguagem acolhedora e confortável, por isso, a iluminação quente e tom neutro. No hall de acesso, foram utilizados elementos com madeira fixados no teto e parede. O porcelanato Portobello dá o toque contemporâneo e traz personalidade ao espaço.

A Floripa Airport faz parte do grupo suíço Zurich Airport, que ganhou a concessão do Aeroporto Internacional de Florianópolis para operá-lo pelos próximos 30 anos.

Assista ao vídeo realizado pela Brasil ao Cubo, empresa responsável pela fabricação dos módulos metálicos, que documenta a execução da estrutura pré-fabricada do Visitor Center:

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *