Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Entrevistas

Conheça os projetos contemporâneos de Odailson Beijamin

13/11/2017

Na entrevista exclusiva ao Archtrends, o arquiteto Odailson Picanço Beijamin, de Macapá (AP), conta sobre suas inspirações e as principais características e desafios do seu trabalho.

Graduado pela Universidade Federal do Pará (UFPA), Odailson Picanço Beijamin já atua há 22 anos como arquiteto em Macapá (AP), sua terra natal. É proprietário do escritório OPB Arquitetos Associados, que já ultrapassou a idealização de mais de 300 projetos residenciais, comerciais, corporativos e de designer de interiores.

Arquiteto Odailson Beijamin (Foto: arquivo pessoal)


A carreira do pai, professor nas disciplinas de matemática e desenho, foi uma das primeiras inspirações do arquiteto e urbanista, Odailson Picanço Beijamin, mesmo sabendo que naquela época a profissão era pouco reconhecida na região norte do país. Fascinado também pelo poder que os rabiscos inicias tinham em se transformar e ver o resultado materializado, tomando forma e se concretizando, foi um incentivo a mais para definir o futuro do jovem que nasceu e cresceu no estado do Amapá.

Dono de uma linguagem própria na arte de projetar, o estilo contemporâneo caminha lado a lado nas obras de reforma e construção. Uma característica marcante no trabalho do arquiteto é dar ênfase à iluminação e ventilação natural. Segundo Odailson, a região facilita e permite o uso desses elementos presentes na natureza. “Uma das propostas é dar forma e trazer personalidade aos ambientes”, pontua.

Ele conta também que inclui materiais rústicos para valorizar a composição da edificação e do ambiente. Para ele, uma tendência forte e que chama atenção é a diversidade de pisos e revestimentos que o mercado oferece, que garantem qualidade e sofisticação nos projetos.

Sua maior inspiração é Oscar Niemeyer, pela maneira extraordinária em dar forma e leveza as estruturas de concreto. Paralelo a isso, as viagens são apostas bastante utilizadas por Picanço como outras fontes de inspiração.

Projeto residencial de cozinha, por Odailson Beijamin (Foto: arquivo pessoal)

Satisfação do cliente como maior recompensa

O maior prêmio que um arquiteto pode conquistar durante os anos de trabalho e dedicação é a satisfação e o reconhecimento do cliente.


Odailson procura compreender a necessidade e o sonho de cada morador e se propõe a fazer alguns questionamentos: “Qual será a melhor proposta para a concretização desse sonho?  Qual o cenário ideal?”. E completa: “Captar a razão por trás do projeto é extremamente relevante e faz com que você se determine também para realizar o projeto idealizado pelo cliente, surpreendendo a expectativa de todos”.  

UNACON – Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, na cidade de Macapá (AP) - Foto: arquivo pessoal

UNACON – Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, na cidade de Macapá (AP) – Foto: arquivo pessoal

Um projeto em fase final de elaboração e que merece destaque do arquiteto Odailson é a UNACON – Unidade de Alta Complexidade em Oncologia, na cidade de Macapá (AP). Para ele, os maiores desafios foi torná-lo funcional e ao mesmo tempo agradável aos olhos, já que boa parte dos ambientes hospitalares tem como característica a frieza. “Em todo projeto que idealizo na área de saúde me traz satisfação pessoal, por conta do retorno social que o espaço proporciona”.

Projeto da Clínica Secco e Jung (Foto: arquivo pessoal)

Parceria

Há alguns meses, o arquiteto participou da Feira CERSAIE 2017, em Bologna, um incentivo da Portobello aos especificadores que mais se destacaram na empresa. Também participou de eventos da Portobello Shop de Macapá, na qual teve a chance de ministrar palestras para colegas da área.

“Atualmente está melhor desenvolver projetos aqui na região, pela mudança que estamos vivendo no cenário urbano e cultural. Mas ainda almejo, para um futuro próximo, o crescimento e o reconhecimento ainda maior de nossa profissão no estado do Amapá”, conclui.

6 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *