Menu
Projetos e Obras
Busca
arquiteta bruna jany

(Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

Conteúdo Colunistas

Vida confortável

23/07/2021

Basta olhar para a residência projetada pela arquiteta Bruna Jany para perceber que seu foco é o bem-estar.

Revestimentos escolhidos para promover tanto a praticidade quanto a beleza, como o porcelanato, configuram os espaços amplos e ainda contribuem para o uso racional de recursos da natureza. Ventilação cruzada e iluminação natural são outros itens de sustentabilidade, reduzindo a necessidade de uso de energia elétrica. Tudo somado ao décor de tons neutros, contudo não muito claros, compõem a paleta cromática em harmonia com a superfícies da escada e das paredes da residência. 

arquiteta Bruna Jany
Combinação de materiais e texturas marcam o hall de entrada da casa (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
arquiteta Bruna Jany
Panos de vidro unem-se às aberturas para trazer iluminação natural e ventilação cruzada à área social que tem ambiente de estar com lareira (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

– O projeto aproveita o terreno em leque, a casa se espalha e se acomoda nele, bem elevado da rua, criando um acesso escalonado e valorizado. Também a combinação de materiais e a volumetria do telhado são pontos altos deste trabalho – diz sobre a morada na Zona Sul de Porto Alegre a arquiteta Bruna Charak Jany, profissional destaque de 2020 da Portobello Shop Nilo Peçanha.

arquiteta Bruna Jany
Arquiteta Bruna Jany tem experiência em arquitetura e interiores (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

Os amplos ambientes integrados e a área de lazer voltada para a piscina acompanham a escala da morada, com cerca de 520 metros quadrados construídos em terreno de aproximadamente 1,8 metros quadrados. A planta e o layout preparam o espaço para quando a família aumentar. Nesse ponto, a escolha dos revestimentos certos é fundamental para o casal com um filho pequeno e um pet.

arquiteta Bruna Jany
Ambientes integrados conectam interior e exterior na área de lazer (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
O estar externo proporciona uma experiência intermediária como mais um recurso de conforto (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

Bruna ressalta que “os produtos Portobello foram escolhidos primeiramente pela qualidade e depois tanto pela possibilidade de usar o mesmo produto interna e externamente com textura adequada quanto pela variedade de opções”. A arquiteta até estreou alguns produtos neste projeto:

arquiteta Bruna Jany
Banheiro da piscina tem o colorido da natureza nos revestimentos (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
arquiteta Bruna Jany
O lavabo tira partido das texturas nas superfícies (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

– Eu nunca tinha usado o Casablanca (escolhi o Riviera 12,5×12,5), que acho um produto lindo (o banheiro da piscina/churrasqueira ficou ótimo!) e o Tangram (Branco, 20×20), responsável pelo efeito de relevo sensacional no lavabo graças à variação de três tipos de textura.

arquiteta Bruna Jany
Piso térreo na área da churrasqueira mostra que tanto no interior quanto no exterior da casa é criado um prolongamento visual em todo o pavimento pelo recurso de uso do mesmo material (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
No quarto infantil, o piso acompanha o do pavimento superior (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

A arquiteta investiu ainda no uso de Superquadra Zinco 120×120 no piso térreo, o mesmo da área externa, criando um prolongamento que gera amplitude visual. Para o piso do segundo pavimento, um setor da casa que pede mais calor, a escolha foi o Pau Brasil Natural 20×120. O porcelanato, ressalta Bruna, tem entre suas vantagens a praticidade de limpeza, desfrutada tanto na área social quanto na íntima.

Banho do casal há combinação entre revestimentos (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
Banheiro da segunda suíte tem o predomínio do tom claro (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

No banho do casal, a composição das superfícies foi criada com Beige Versailles 60×120, da Linha Timeless, combinado a Mosaico Ripa 30×120. E, na segunda suíte da casa, o Cetim Bianco 30×90, da Linha White Home, e o Vic Cristal de mesma medida, da linha Ms. Barcelona, entraram em sintonia com o revestimento Pau Brasil 20×120

Já no outro extremo, o banheiro da piscina recebeu o sempre lindo Concretissyma Match Off White 60×120 e o Casablanca 12,5×12,5. Já a própria piscina exibe o Barlavento Caribbean 15×15.

A escala da piscina acompanha a da casa, com revestimento que embeleza a estrutura (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

Integração

Postas de correr criam proposta ora totalmente unificada, ora setorizada, conforme a planta avança em direção ao exterior. Toda a área social, com estar, jantar e hall são integrados, possibilitando a vista total até o pátio, passando pela churrasqueira. 

Portas abertas mostram o piso monocromático de todo o pavimento (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
Veja as possibilidades de fechamento dos ambientes nesta imagem com o conjunto de mesa e cadeira de jantar em primeiro plano, demarcado por uma luminária pendente, e a cozinha ao fundo (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
Da cozinha, quando aberta, é possível avistar até o hall (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

“A cozinha fica em frente ao jantar, mas os clientes quiseram ter portas de correr para que seja fechada, se necessário”, conforme Bruna. E uma grande porta integra ou separa a área da churrasqueira e do jantar com a varanda externa. Essa esquadria, de vidro, pode ser totalmente aberta no verão, “como se o ambiente virasse um quiosque aberto”.

Entre as portas de correr, uma de vidro protege das intempéries sem bloquear a vista (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

Para chegar a um bom resultado, os arquitetura, interior e exterior precisam estar conectados do mesmo modo que as profissionais envolvidas. Bruna projetou na sequência do interior um estar sob um pergolado ripado para a família desfrutar do sol da manhã, integrado ao pátio. 

Pergolado promove sombra para momentos de relax e convívio (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

E o detalhamento da piscina, retangular e ampla, esteve a cargo da arquiteta Christine Loro, autora do projeto paisagístico pelo seu escritório, Loro Arquitetura e Paisagismo. Já havia árvores de grande porte preexistentes, do paisagismo do condomínio, e Christine conta que adotou essas espécies e pensou então no jardim como um todo, integrado com o urbanismo do local. 

 A piscina na sequência da casa se estende de uma extremidade a outra da construção (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)
O paisagismo pinta de verde a entrada da residência (Crédito: Claudio Fonseca, divulgação)

Assim, a arquiteta Bruna Jany entregou um projeto completo, com “muito aconchego”, a cara do seu escritório:

– Os clientes que me procuram querem uma casa para se sentir bem, à vontade, com conforto e sem “luxo” – afirma a arquiteta com 20 anos de formada que gerencia a equipe do Bruna Charak Jany Arquitetura hoje trabalhando em home office nos vários projetos de arquitetura, interiores com bastante participação de reformas no portfólio. 

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *