Menu
Projetos e Obras
Busca
Alex Rocca

Alex Rocca ganha cada vez mais espaço e reconhecimento no ramo da tapeçaria (Foto: Arquivo pessoal)

Conteúdo Matérias

Alex Rocca: transformando a tapeçaria em item contemporâneo

19/04/2021

Alex Rocca é um artesão que se destaca bastante na área da tapeçaria. Confira o nosso artigo e saiba mais sobre o trabalho dele!

Alex Rocca é um artista que desponta como um grande nome do mercado quando falamos em tapeçaria. A potência de viver e a constante busca pela liberdade artística são combustíveis para o trabalho do designer, que pôde ser visto recentemente na Mostra Unlimited, da Portobello.

Para Rocca, os tapetes significam muito mais do que apenas objetos de decoração. Cada peça transborda camadas formadas por muito conteúdo e afeto. O resultado disso é uma obra que se transforma no espelho da própria alma do artista.

Preparamos este artigo para que você saiba quem é Rocca e como ele transforma a tapeçaria em um interessante item contemporâneo. Também apresentaremos a peça dele que foi utilizada na composição de um ambiente da Mostra Unlimited.

Pronto para se encantar com as lindas peças desenvolvidas por Rocca? Então, é só seguir a leitura!

A vida e a carreira de Alex Rocca

Rocca teve o gosto pela arte despertado durante a faculdade de Cinema

Rocca teve o gosto pela arte despertado durante a faculdade de Cinema (Foto: Arquivo pessoal)

Alex Rocca nasceu na cidade de São Paulo, mas vive em Curitiba, no Paraná, desde que tinha 14 anos. Ele é formado em Informática, Cinema e Design de Interiores.

Já trabalhou em outras áreas e hoje se dedica à tapeçaria. Acompanhe um resumo da sua vida e carreira.

A jornada acadêmica

Assim que terminou o Ensino Médio, Alex Rocca prestou vestibular para Informática. Apesar de ter concluído o curso, ele nunca chegou a exercer uma profissão relacionada a essa área.

Logo em seguida, ingressou no curso de Cinema. Foi durante essa faculdade que ele começou a estudar direção de arte, um trabalho que funciona como uma espécie de “arquitetura” de um espaço fílmico.

A partir disso, ele começou a ter curiosidade sobre o tema e a entender a arte de outra maneira. Foi assim que passou a estudar design e a buscar referências que hoje fazem parte do seu estilo.

A carreira profissional

Uma cartomante previu uma mudança na carreira de Alex Rocca. Foi assim que ele descobriu a tapeçaria

Uma cartomante previu uma mudança na carreira de Alex Rocca. Foi assim que ele descobriu a tapeçaria (Foto: Arquivo pessoal)

Atualmente com 37 anos, Alex Rocca começou a trabalhar enquanto ainda realizava os seus cursos de graduação. Entre outros trabalhos, ele ingressou no ramo da publicidade.

Nessa época, ele fazia a produção de cenários e direção de arte para comerciais. Apesar de gostar desse segmento, Rocca acredita que entrou em um modo automático de trabalho e, consequentemente, perdeu o gosto pela carreira.

“Eu estava insatisfeito com o meu trabalho e buscando uma vida mais tranquila”, comenta o artista, quando questionado sobre o porquê da escolha de se dedicar à tapeçaria.

Ele conta que a sua terapeuta de reiki indicou uma guru espiritual, com a qual ele fez um mapa astral e tirou as cartas. Na ocasião, a cartomante previu que uma grande mudança profissional aconteceria na vida de Rocca.

Foi aí que o artista começou a estudar, de fato, a tapeçaria. Ele começou a ler livros e buscar mais informações sobre o tema.

Como não tinha referências ou base sobre as técnicas, como o tufting, Rocca precisou aprender de forma autodidata, em um processo de tentativa e erro.

O estilo e as obras do artista

O tufting e o bordado manual são as técnicas utilizadas pelo artista

O tufting e o bordado manual são as técnicas utilizadas pelo artista (Foto: Arquivo pessoal)

As obras de Alex Rocca têm características bem marcantes. Entre as técnicas mais utilizadas estão o tufting e o bordado.

No tufting é utilizada uma ferramenta elétrica e pneumática que tece os tapetes. Já o bordado é uma técnica 100% manual.

“Tudo o que cinema me trouxe — como o estudo de cores, a harmonia, a arquitetura, o desenho e a técnica — me ajudou a começar criar os tapetes”, diz Rocca.

Ele explica ainda que todos os desenhos são desenvolvidos por ele, inicialmente em 2D e depois aplicados, na prática, no momento de usar as texturas nos tapetes.

A natureza serve como inspiração para o trabalho de Alex Rocca

A natureza serve como inspiração para o trabalho de Alex Rocca (Foto: Arquivo pessoal)

Alex Rocca acredita muito em um processo em que o trabalho é cíclico, ou seja, que passa por fases. Ele conta que em uma época buscou inspiração no trabalho de Roberto Burle Marx e, em outras, em imagens de drone, por exemplo.

Atualmente, as maiores referências que o artista tem são as texturas inspiradas na natureza e em tudo o que é vivo.

Rocca está desenhando peças para uma exposição e estudando sobre rochas, fungos, cogumelos, árvores, mares e águas-vivas; toda a morfologia e a anatomia desses elementos.

Em suas obras, ele usa vários tipos de linhas, lãs, cordas, algodões e fios. “O que é mais interessante para mim é ter uma grande variedade de fibras, para poder construir, na tela, as referências que estão na cabeça”, resume Rocca.

Cada peça dele é única e não segue um padrão. A ideia é garantir exclusividade.

O artista comemora que teve uma grande aceitação no mercado, tendo inclusive sido finalista no Prêmio Casa Vogue Design 2020 na categoria têxtil.

A participação de Alex Rocca na Mostra Unlimited, da Portobello

Uma peça de Rocca foi exposta na Mostra Unlimited

Uma peça de Rocca foi exposta na Mostra Unlimited (Projeto: Marcelo Rosenbaum)

Recentemente, a Portobello promoveu a Mostra Unlimited, que reuniu ambientes projetados por grandes nomes da arquitetura e do design.

Entre os ambientes apresentados estava um quarto desenvolvido pelo designer Marcelo Rosenbaum, que usou a lastra Concrete Mud para revestir as paredes e o piso.

De acordo com Rosenbaum, a ideia era que o ambiente fosse simples, tendo a lastra como protagonista. A simplicidade, para o designer, também é o que transmite a calma e o relaxamento em nosso dia a dia.

Dentro desse conceito de simplicidade, Rosenbaum usou uma tapeçaria produzida por Alex Rocca para compor o ambiente.

“Quando o Marcelo me mostrou o ambiente, essa foi a primeira peça em que eu pensei”, relembra Rocca. Ele acredita que a tapeçaria caiu como uma luva, justamente por também ser inspirada em um conceito mais simples e natural.

Rocca conta que ter o seu trabalho reconhecido pela Portobello foi uma experiência única. Uma grande oportunidade para que mais pessoas, que fazem parte de um público específico, tivessem conhecimento sobre as suas criações.

O trabalho de Alex Rocca é realmente encantador e fica bem em diversos tipos de ambientes. Que tal considerar uma peça de tapeçaria para as suas futuras composições?

Aproveite para conferir em detalhes o trabalho desenvolvido por Marcelo Rosenbaum na Mostra Unlimited. Certamente, você ficará encantado com a beleza e a simplicidade do ambiente criado pelo designer!

Nenhum comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *