Menu
Projetos e Obras
Busca

Conteúdo Matérias

Além dos lares: porcelanato traz requinte e personalidade a projetos comerciais

02/04/2018

A versatilidade dos porcelanatos possibilita a criação de ambientes com estilos variados. Seja ele clássico, moderno, contemporâneo, rústico ou minimalista. Cada espaço é pensado detalhadamente e criado para trazer sensações de conforto e bem estar. Neste post, apresentamos dois projetos comerciais bem distintos, para provar que o revestimento pode transitar além dos lares, conferindo elegância e, ao mesmo tempo, jovialidade.

Após uma extensa reforma, o antigo galpão às margens da BR 470, em Rio do Sul (SC), deu lugar a uma estilosa cafeteria. Com ares urbanos e atuais, que lembram os cafés e bares londrinos, o espaço esbanja aconchego e bom gosto. A arquitetura principal foi mantida e a estética industrial dos quase mil m² fez parte do projeto assinado pela arquiteta riosulense Débora Nardelli. Os ferros e o concreto aparentes trouxeram o conceito dos lofts, ao evidenciar um ambiente com elementos inacabados, e os revestimentos coloridos garantiram jovialidade ao local.

No balcão, o destaque vai para o porcelanato da Portobello, Linha Liverpool, na versão Acquamarine (07X24cm)

No balcão, o destaque vai para o porcelanato da Portobello, Linha Liverpool, na versão Acquamarine (07X24cm)

“Quando o cliente alugou o imóvel para abrigar uma loja de calçados, o objetivo também era oferecer aos consumidores um lugar agradável e tranquilo para degustar um café. O desejo principal era que o ambiente conversasse com o estilo industrial do galpão, porém, que tivesse a sua própria identidade”, conta Débora.

A Linha Liverpool, na versão Acquamarine (07X24cm), foi escolhida para dar um charme especial à decoração. Estantes em madeira e o preto nas paredes encaixaram perfeitamente na composição do local. Um toque de ousadia e modernidade foi conquistado com os tijolos aparentes e as luminárias suspensas. A beleza salta ao olhos de quem entra no café que abriga 65 m² do galpão. O equilíbrio e a harmonia chega em dose perfeita, com a aplicação da versão Imbuia clara 20X120cm (Ecollection), no chão e com o verde das plantas, em espaço preparado só para elas.

A experiência em criar projetos fora da área urbana proporciona novos desafios. A arquiteta revela que a questão do revestimento na obra é bastante relevante. “Tempos atrás, o produto era responsável apenas pelo acabamento. Ele tinha a função básica de prevenir a umidade ou cobrir uma parede que não foi pintada, por exemplo. Atualmente, reflete a sofisticação, a funcionalidade e a praticidade, além de contribuir com a estética, e ser um dos materiais mais flexíveis e versáteis do momento.

projetos comerciais

Piso em porcelanato que reproduz madeira, da Linha Imbuia (Portobello), completa o visual aconchegante

Débora Nardelli considera as peças como a cereja do bolo. Os móveis são planejados e o revestimento é usado como acabamento. “É a obra de arte do projeto, porque conseguimos oferecer charme e elegância ao ambiente. Eu chamo de pincelada final”, pontua.

Inspirada pelo estilo contemporâneo, com uma pegada de cor, como ela mesmo define, a arquiteta é especificadora da Portobello Shop de Blumenau e atua no mercado há 9 anos. Formada pela Universidade do Vale do Itajaí – Univali, a profissional é especializada em Interior Design e Arquitetura Verde, pela Accademia Europea di Firenzi – Itália. Proprietária do Débora Nardelli Arquitetura, na cidade de Rio do Sul, é mestranda na Unisinos de São Leopoldo e professora universitária.

projetos comerciais

Restaurante assinado por Michel Keller, que utiliza porcelanato Golden Calacata (Marmi Clássico), no formato 60X180cm

Outro projeto inspirador e cheio de sofisticação é do Restaurante funcional Jasmin, assinado pelo Design de Interiores, Michel Keller. O ambiente foi criado especialmente para a 1ª Mostra Elite Design, realizado em Porto Alegre (RS). Toda a concepção, desde os primeiros traços até a decoração final, foi influenciada pelo estilo clássico europeu. Elegante e requintado, tendo o uso do branco e dourado como prioridade. Uma verdadeira viagem à Europa do século 19.

A ideia de transformar o restaurante em dois espaços veio da tendência de uso de terraços, conhecidos como rooftops, em que uma das partes acaba parecendo ser uma área externa. Com telhado em vidro e um painel de plantas abaixo, o ambiente traduz tranquilidade e irradia boas sensações.

projetos comerciais

Outro ângulo do restaurante projetado por Michel Keller

“Os bons momentos são precisam ser exatamente dentro de casa. O ‘relaxar’ pode sim estar acompanhado de uma boa paisagem. Esse conceito é bastante presente fora do país. Espaços de confraternização com uma planta diferenciada, que prima pelo contato com a natureza e bem estar”, enfatiza Keller.

Michel, que possui perfil no Archtrends, explica que a escolha do piso aconteceu pelo uso de mármores finos utilizados em grandes hotéis e residências de luxo. Com 157 m², o espaço todo livre e aberto foi propício para o uso do porcelanato Bianco Covelano (Marmi Clássico), no formato 60X180cm. O modelo deu a sensação de amplitude ao local, que combinado com a versão Nero Venato (60X120cm), também da Linha Marmi Clássico, garantiu a personalidade buscada pelo profissional.

projetos comerciais

Uso do branco e dourado como prioridade no restaurante Jasmin

Tanto nesse, como em outros projetos, o processo de conhecimento das necessidades, a apresentação dos produtos ao cliente e todo o desenvolvimento da obra passam pela execução do escritório, sempre mantendo o contato direto. Muito além da estética, Michel Keller, que é especificados da Portobello Shop Moinhos, acredita que o ambiente deve refletir a essência do seu cliente e aliar aos conceitos básicos do design.

projetos comerciais

Decoração final foi influenciada pelo estilo clássico europeu

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *